reprodução automática próximo vídeo em 5s

Wesley Batista, da JBS, cita propina para governos do Mato Grosso do Sul

Wesley Batista, dono da JBS, cita esquema de benefícios fiscais para redução da alíquota do ICMS no Mato Grosso do Sul. Começou quando o Zeca do PT (PT-MS) foi eleito como governador, no início dos anos 2000. Foi um acerto de propina em troca de redução de pagamento de ICMS no Estado. O esquema foi mantido com o governo de André Puccinelli (PMDB-MS) e o governo atual de Reinaldo Azambuja (PSDB-MS). Foram pagos por várias modalidades: notas frias, doleiros a terceiros e em espécie.

UOL Cursos Online

Todos os cursos