reprodução automática próximo vídeo em 5s

Volvo XC40, SUV "caçula" da marca, anda sozinho

Se na Europa, nos Estados Unidos e em alguns mercados da Europa os veículos que "andam sozinhos" -- em determinadas circunstâncias, claro -- já estão se tornando comuns, por aqui eles ainda são raridade. Mesmo carros que já dispõem da tecnologia, caso de modelos de Audi, BMW, Jaguar Land Rover e Mercedes-Benz, quase sempre chegam aqui "capados". Custos, falta de estrutura e dificuldades de homologação são os principais motivos citados pelos fabricantes para tal.

Já a Volvo tem tentado "pagar para ver". Desde o suvão XC90 a importadora oficial da fabricante no Brasil optou por trazer seus lançamentos dotados de todos os recursos semiautônomos disponíveis, obviamente oferecidos só nas versões de topo. A receita foi replicada no utilitário médio XC60 e também será no compacto XC40, que chega em abril para fazer da marca sueca a que mais vende SUVs de luxo no país.
O XC40 partirá de R$ 169.950, mas será na configuração R-Design, de R$ 209.950, que o modelo vai dispor do pacote chamado "PilotAssist", segunda geração do sistema que conta com sensores, radares e câmera de 360 graus capazes de fazer o veículo trafegar praticamente sem interferência humana na estrada, inclusive fazendo curvas de raio mais longo.

Trata-se do veículo mais acessível até o momento a dispor de tal tecnologia, superando os R$ 260 mil do próprio XC60. Demais carros capazes de andar sozinhos, como Audi A5, Range Rover Velar e Mercedes-Benz Classe E, passam de R$ 300 mil.

Mais do que isso, com este sistema o XC40 se torna na prática o primeiro compacto e um dos primeiros automóveis do mundo a flertar com o chamado nível 3 (de um total de cinco) da condução autônoma, aquela em que algumas funções de direção já podem ser plenamente operadas pela máquina, embora a presença e eventuais intervenções do motorista ainda sem façam necessárias (tanto que o próprio carro não se permite ficar mais de 15 segundos em modo autoguiável sem que o condutor esteja tocando o volante).

Mas, na prática, será que ele é capaz de andar sozinho mesmo? UOL Carros testou a configuração R-Design durante a apresentação mundial do modelo em Barcelona (Espanha) e responde à pergunta. Confira neste vídeo.



UOL Cursos Online

Todos os cursos