! Se Temer ignorar lista tríplice, comprometerá ‘equilíbrio institucional’ - TV UOL

reprodução automática próximo vídeo em 5s

Se Temer ignorar lista tríplice, comprometerá ‘equilíbrio institucional’

Candidato à sucessão de Rodrigo Janot na chefia do Ministério Público Federal, o atual vice-procurador-geral-eleitoral Nicolao Dino avalia que o presidente Michel Temer cometerá um erro se ignorar a lista tríplice que receberá da corporação dos procuradores na hora de indicar o próximo procurador-geral da República. “Desde 2003 se realiza esse processo de escolha prestigiando a lista, muito embora ela não esteja constitucionalizada”, disse Dino em entrevista a Josias de Souza, colunista e blogueiro do UOL. “Nesse momento histórico, abdicar da lista vai me parecer uma sinalização muito ruim para o Ministério Público e para a sociedade, o que pode inclusive comprometer o cenário de equilíbrio institucional e governabilidade.”