reprodução automática próximo vídeo em 5s

Renault Kwid recebe 3 estrelas em segurança no Latin NCAP

Não é um desempenho louvável, mas o subcompacto Renault Kwid foi melhor do que muita gente imaginava no teste de colisão do Latin NCAP: a entidade independente concedeu notas de 3 estrelas na proteção para adultos nos bancos frontais (nota 28,85 de 34) e 3 estrelas para crianças no banco traseiro (nota 33,87 de 49).

Outro detalhe: esse índice é o máximo que um modelo sem controle de estabilidade e tração pode conseguir atualmente no Latin NCAP.

Segundo a entidade, o Kwid mostrou que a "proteção oferecida à cabeça e ao pescoço do motorista foi boa. A proteção do peito do motorista foi marginal, enquanto a do acompanhante recebia proteção adequada por parte dos sistemas de retenção [cintos e airbags]".

Curiosamente, no aval do Latin NCAP, a alardeada (pela fabricante) presença de quatro airbags de série em todas as versões pouco ajuda os ocupantes do Kwid em caso de colisão, com "proteção fraca". O que salva mesmo é a estrutura, que foi reforçada no Brasil, provocando atraso no lançamento do carro. "Impacto Lateral: o airbag lateral de tórax proporcionou proteção fraca ao peito, porém o carro deu uma proteção adequada ao abdome e à cabeça, e boa proteção à pélvis", relatou o instituto.

Alerta que lembra os ocupantes de colocarem o cinto de segurança (SBR) e boa proteção do assoalho também foram usados pelo Latin NCAP como características que levaram às três estrelas para a proteção do ocupantes adultos.



UOL Cursos Online

Todos os cursos