reprodução automática próximo vídeo em 5s

Redução de custos da saúde suplementar exige mais atenção primária

Ter um sistema de saúde suplementar menos oneroso tanto para pacientes, quanto para operadoras exige fortalecimento da atenção primária e maior formação de médicos da família.

“É a mudança da prática que trará o resultado dentro da perspectiva econômico-financeira, não a pressão financeira”, defendeu Claudio Lottenberg, presidente do UnitedHealth Group Brasil, multinacional controladora da Amil.

Leia mais