reprodução automática próximo vídeo em 5s

Patrícia Abravanel participou de jantar para negociar propina, diz delator

O presidente Michel Temer (PMDB) teria recebido valores próximos a R$ 15 milhões em pagamentos de vantagens indevidas na campanha eleitoral de 2014, segundo delação de Ricardo Saud, diretor de Relações Institucionais da holding J&F, grupo controlador do frigorífico JBS. A quantia teria como contrapartida atuação favorável aos interesses do grupo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos