! MP tenta coagir Congresso e Zavascki se equivocou, diz líder do PMDB (3:13) - TV UOL

reprodução automática próximo vídeo em 5s

MP tenta coagir Congresso e Zavascki se equivocou, diz líder do PMDB (3:13)

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani, defende Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Casa, que foi alvo de uma operação de coleta de por ordem do Ministério Público, com autorização do Supremo Tribunal Federal. “O Ministério Público não pode tentar coagir o Congresso no uso das suas atribuições. É uma tentativa de constranger o Congresso Nacional. Acho que se equivocou o ministro [Teori Zavascki, do STF]. Foi uma decisão ‘inatenta’ do ministro Zavascki”. Picciani concedeu entrevista ao UOL em 7.mai.2015. A gravação ocorreu no estúdio do UOL em Brasília. Leia a entrevista e acesse a página do programa “Poder e Política”Poder e Política.