reprodução automática próximo vídeo em 5s

Militar preso fez pelo menos 29 viagens com 3 presidentes

O militar brasileiro preso na Espanha com 39 kg de cocaína na bagagem de mão vai responder por tráfico de drogas no país europeu. Ele fazia parte de uma equipe de apoio à comitiva de Jair Bolsonaro em viagem ao Japão, e foi detido na alfândega durante uma escala em Sevilha. O avião onde estava a droga não era o mesmo em que viaja o presidente.