reprodução automática próximo vídeo em 5s

"Mataram meu filho com dois tiros", diz carioca sobre PMs

A Anistia Internacional considera que o Ministério Público do Rio tem sido omisso ao não concluir as investigações de assassinatos cometidos por policiais militares em serviço. Segundo relatório da ONG sobre 8.466 ocorrências desse tipo registradas de 2005 a 2014, a PM mata duas pessoas por dia nos chamados "autos de resistência". De 2011 a 2015, de 211 registros, 183 continuam em aberto e apenas um resultou em denúncia do MP contra um policial. Leia mais no UOL Notícias



UOL Cursos Online

Todos os cursos