! Luís Inácio Adams, ministro da Advocacia-Geral da União (3) - TV UOL

reprodução automática próximo vídeo em 5s

Luís Inácio Adams, ministro da Advocacia-Geral da União (3)

O É Notícia entrevista Luís Inácio Adams, ministro da Advocacia-Geral da União. Questionado sobre a confissão do dono da UTC sobre doação para a campanha eleitoral de Dilma Rousseff em 2014, Adams diz duvidar que a presidente seja responsabilizada de alguma maneira por isso. Para o ministro da AGU, se for provada irregularidade, a punição será aplicada a quem estava diretamente ligado ao caixa da campanha. 'A grande questão não é receber o recurso, mas o que o Ministério Público terá que provar é se quem recebeu o dinheiro tinha ciência de que havia um esquema de corrupção sustentando aquele recurso', diz.