reprodução automática próximo vídeo em 5s

Índio agredido no Maranhão conta que a mão ficou "só na pele"

O índio gamela José Ribamar Mendes, 46, vítima de ataque de fazendeiros no povoado Bahias, no município de Viana (região da Baixada Maranhense), relatou que ficou com a mão pendurada pela pele ao ser agredido por grupo armado com facões e armas de fogo, no último domingo (30). Mendes está internado na enfermaria do hospital Dr. Tarquino Lopes Silva, em São Luís, se recuperado de cirurgia para fixação dos tendões e ossos do punho esquerdo e das pernas, que foram fraturados durante a agressão.

UOL Cursos Online

Todos os cursos