reprodução automática próximo vídeo em 5s

Goleiro Artur, da Chapecoense, comenta cantos ofensivos da torcida do Porto

Ex-Benfica, o goleiro Artur, da Chapecoense, repudia os cantos da torcida do Porto durante uma partida de handebol. Nele, os portistas provocaram os benfiquistas com uma referência ao desastre aéreo da Chape: "Quem me dera se o avião da Chapecoense fosse do Benfica".



UOL Cursos Online

Todos os cursos