reprodução automática próximo vídeo em 5s

Fux: STF não pode ficar na inércia em investigações contra parlamentares

Em sessão no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Luiz Fux disse nesta quarta-feira (11) que se o parlamentar não pode ser preso impõe-se ao Judiciário um estado de inércia, esperando as provas serem destruídas, até que haja uma denúncia e o Parlamento possa decidir sobre afastamento. Fux votou a favor do Supremo afastar parlamentares do cargo sem o aval do Congresso.



UOL Cursos Online

Todos os cursos