reprodução automática próximo vídeo em 5s

Em balanço de 2 anos, Temer pede pacificação do país

O presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (15) que sempre trabalhou pela pacificação das várias correntes políticas que existem no país, e pediu que oposição e situação se entendam após as eleições.
"Esse é um momento político-eleitoral, quando várias tendências se contestam e se testam. Mas, após a eleição, haverá um momento político-administrativo, quando todos deverão se unir pelo bem comum, tanto a oposição quanto a situação", avaliou.
"Não podemos ter brasileiros contra brasileiros", reforçou.
Ele fez ainda a contagem de que faltam 7 meses para o fim de seu governo.