reprodução automática próximo vídeo em 5s

Roubo de tacógrafos cresce após restrição a caminhões em SP

Ver descrição

Além do roubo de carga, os caminhoneiros agora sofrem com outro tipo de assalto em São Paulo: o roubo de tacógrafos. Espécie de "caixa-preta" dos caminhões, o equipamento é vendido no mercado paralelo por R$ 300. Os casos aumentaram desde o início da restrição a caminhões em horários de pico, na Marginal do Rio Tietê, umas das vias mais movimentadas da cidade. Visite o UOL Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos